Notícias

Aqui você confere todas as notícias do ramo odontológico.

Cuidados com as peças de mão

Notícias

Cuidados com as peças de mão

Não há dúvidas. As peças de mão são as grandes companheiras e aliadas do cirurgião-dentista. Afinal, não há trabalho sem elas. Mas, é comum que sejam cometidos alguns pequenos erros que acabam por comprometer a vida útil dessas peças.

Por isso, listamos ações que o profissional de odontologia deve evitar ao máximo para garantir a durabilidade de seus instrumentos. Confira:
1) Esquecer-se de lubrificar suas peças de mão antes da autoclavagem.
2) Deixar de lubrificar a pinça, isto é, a presilha que prende a broca. Sim, ela é importante. Essa manutenção envolve a limpeza externa e lubrificação.
3) Passar somente álcool a 70% na parte externa da peça de mão e esquecer-se de limpá-la com uma escova. Somente o álcool não remove os detritos, que mesmo após autoclave podem permanecer na peça e formar uma fina camada aderente, ambiente propício para proliferação de novas bactérias.
4) Usar lubrificante de baixa qualidade, que evapora na autoclavagem. Opte por um que dispense dupla lubrificação – antes e depois da autoclavagem – e garanta a lubrificação por muito mais tempo. Peças bem lubrificadas mantêm a qualidade dos rolamentos e correto funcionamento da pinça.
5) Não levar as peças para autoclavagem e achar que somente álcool a 70% é suficiente. Erro grave que não só compromete seus instrumentos, mas o mais importante: a saúde de seus pacientes.
6) Usar compressores de ar não isentos de óleo. O óleo misturado ao ar de propulsão acelera o desgaste dos rotores, o que compromete a potência. Além disso, é indispensável o uso de filtro secador.
7) Usar brocas de má qualidade, que perdem facilmente o corte. Brocas ruins implicam em maior esforço do conjunto de rotores e desgaste dos rolamentos da peça ou desequilíbrio do eixo.

fonte: ABO, com informações do Diário Odonto
imagem retirada de http://www.abo.org.br/site/#/noticias/2015/11/cuidados-com-as-pecas-de-mao