Bolha no pé do dente: o que é isso?

Compartilhe:

Sempre tem alguns pacientes que perguntam a respeito de bolhas na gengiva e pus que nascem perto do pé do dente. Então, para acabar, de vez, com essa dúvida escrevi esse tutorial definitivo.

1 – Tenho uma bolha de pus no pé do dente, o que é isso?

Essa famosa bolha é, na verdade, o que chamamos de abscesso. Abscesso é o acúmulo localizado de pus em um tecido, formando uma cavidade delimitada por uma membrana de tecido inflamatório. O líquido purulento que está dentro da ‘bolha’ é formado em virtude da desintegração e morte do tecido original, microrganismos e células de defesa do nosso organismo.

O abscesso dentário é uma infecção que acontece em torno da raiz de um dente. E esta infecção pode estender até a gengiva originando, então, a formação de pus e, consequentemente, a bolha.

2 – E por que isso acontece?

Os abscessos dentários são causados por algumas bactérias que moram na sua boca. A infecção pode ser causada por uma cárie extensa que vai destruindo o dente até atingir o “nervinho” do dente. Então, o abscesso do dente pode desenvolver a partir da morte do ‘nervinho’, mas, também, pode acontecer a partir de uma higiene ruim, ausência prolongada de cuidados com os seus dentes e, ainda, com tratamento de canal inadequado, feito em condições inadequadas ou impróprias.

3 – E como eu sei que estou com abscesso na boca?

Primeiro: Quando aparecer a bolha de pus, você já é dono de um abscesso.

Os principais sintomas de abscesso dentário são:
•Dor de dente persistente;
•Irritação na gengiva afetada e formação de pus;
•Inchaço na gengiva perto da raiz, que pode ser visto de fora;
•Inchaço dos gânglios linfáticos na região do pescoço é comum;
•Febre, eventualmente;
•Gengiva e/ou as bochechas podem ficar vermelhas e inchadas;
•Poderá ter um dente com uma certa mobilidade;
•Dificuldade de abri a boca
•E se o abscesso se propagar, seu rosto e/ou pescoço poderão ficar inchados.

4 – E tem tratamento?

Tem tratamento sim. Um bom Dentista pode tratar de um abscesso dentário. Pois, o tratamento envolve procedimentos tipicamente odontológicos. O mais tradicional tratamento é a drenagem da bolha: o abscesso deve ser cortado e o pus drenado; sem neura, é feito com anestesia.

•Tratar um abscesso periapical – tratamento de canal será usado para remover o abscesso.
•Tratar um abscesso periodontal – o abscesso vai ser drenado e limpo. As superfícies da raiz do dente, então, serão suavizadas por raspagem. Isso ajuda a curar o dente e impede a ocorrência de novas infecções. Pacientes com abscesso periodontal e uma infecção recorrente, pode ser necessário realizar alguma cirurgia na gengiva para remodelá-la e para eliminação da bolsa periodontal. Este procedimento será realizado por um bom periodontista.

ATENÇÃO: Antibióticos e analgésicos. Devem ser prescrito pelo DENTISTA. E NÃO PODEM substituir o tratamento com um dentista.

5 – O abscesso pode voltar?

Pode. Abscessos dentários podem não curar nas seguintes condições:

•Formação de cisto no dente;
•Falha de tratamento de canal;
•Desenvolvimento de resistência às drogas utilizadas indiscriminadamente;
•Má higienização com o retorno da doença periodontal associada com a infecção do dente.

Fonte: Blog do Dentista. Disponível em: https://www.netdentista.com/bolha-na-gengiva/. Acesso em: 07/12/2016.