As ações fundamentais para gerenciar as finanças de sua clínica

Compartilhe:

Não existe administração sem controle e nem empresa que sobreviva muito tempo sem lucro. Pois bem, para saber se o negócio é lucrativo, devemos iniciar o trabalho organizando e administrando as finanças de nosso negócio. Então, a questão é: o que é realmente fundamental?

Existem três coisas que são indispensáveis:
- Coletar dados de forma estruturada;
- Utilizar pelo menos duas ferramentas clássicas de finanças – Fluxo de Caixa e Demonstrativo de Resultado (DRE);
- Usar sempre as informações fornecidas pelas ferramentas de finanças nas tomadas de decisões e no planejamento do negócio.

Como assim, coletar dados?

Todo negócio deve possuir um método eficiente de coleta dos dados financeiros, este método pode ser através de sistemas informatizados comercializados para administração de clínicas ou através de planilhas desenvolvidas no Excel.

Esta coleta deve ser simples e de fácil conferência. Os dados apurados devem servir para alimentar duas ferramentas amplamente utilizadas em finanças que são: Fluxo de Caixa e DRE.

Fluxo de Caixa, o que é isso afinal?

No fluxo de caixa são registradas as movimentações financeiras realizadas e previstas (entradas e saídas) da clínica em determinado período. É um instrumento simples que permite a visualização das movimentações financeiras.

Com um fluxo de caixa bem controlado, o gestor consegue responder a algumas perguntas importantes do dia a dia, tais como:
- Posso dar mais prazo aos meus clientes?
- Preciso negociar mais prazo com meus fornecedores, ou compro à vista com melhores descontos?
- Preciso pegar dinheiro emprestado ou antecipar receitas para capital de giro? Ou posso aplicar no mercado financeiro as sobras de caixa?
- Qual o melhor dia para realizar um pagamento?
- Quais os períodos do mês com menos dinheiro em caixa?
- Preciso acelerar conversão de planejamentos em tratamentos para fazer caixa ao longo dos próximos meses?

Enfim, o fluxo de caixa é uma ferramenta que lhe permite dar visibilidade às suas movimentações correntes ajudando a saber como anda seu negócio em curto prazo, evitando que você passe apertado e use contas garantidas e pague juros.

E a DRE, como funciona? Com a DRE consigo entender minhas possibilidades a médio e longo prazo?

O demonstrativo de resultados, comumente chamado de (DRE), detalha e quantifica o que a empresa recebe (receitas), o quanto gasta (despesas) e o resultado líquido dessas operações (lucro ou prejuízo) em determinado intervalo de tempo, normalmente apurado mensalmente. Porém, é usual utilizar a análise da DRE ao longo de um prazo maior de tempo, pois assim teremos uma visão ampla de como anda seu negócio, que eventualmente pode apresentar prejuízo em um mês, mas ao longo do exercício de um ano ser lucrativo. Ou seja, a DRE é uma ferramenta para ser analisada em médio prazo de forma comparativa com períodos anteriores para checar como anda seu negócio.
Portanto, a análise da DRE permite saber se a clínica está indo bem ou não e a partir desta análise, você deve balizar suas decisões.

Quem tem informação, tem responsabilidade. Não tome mais decisões no escuro!

Com frequência, vemos vários negócios terem controle financeiro, ou seja, utilizam várias ferramentas de finanças, apuram dados corretamente. Entretanto, estes dados ficam perdidos na correria do dia a dia do consultório e são esquecidos na hora de importantes decisões. Preferem utilizar a expressão “acho que vai dar certo”. Puro “achismo”!

Como vimos, as ferramentas Fluxo de Caixa e DRE são verdadeiras aliadas nas tomadas de decisões. Através delas é possível responder várias perguntas do dia a dia e estabelecer séries históricas de resultados para avaliar se o negócio está progredindo ou está estagnado, analisar se os resultados auferidos são compatíveis com a média do setor, e sob esta ótica estabelecer um planejamento e definir quais são as ações prioritárias que precisam ser tomadas para que seu negócio se mantenha vivo.

Portanto, cuide de suas finanças, apure corretamente os dados, faça análises e projeções, compare os resultados, tome decisões balizadas nestes resultados e tenha sucesso!

Fonte: Implant News Prótese News. Disponível em: http://www.inpn.com.br/Materia/OdontologiaNegocios/51675. Acesso em: 08/02/2019.